Estradas de Portugal vai abater 41 plátanos em Sintra

07.12.2010 - 09:29 Por Lusa

  • Votar 
  •  | 
  •  0 votos 
Quarenta e um plátanos vão começar a ser abatidos e outros 300 podados na freguesia de Colares, Sintra, a 13 de Dezembro porque estão doentes e apresentam problemas de segurança, anunciou a Estradas de Portugal.
<p>Em Novembro de 2009, moradores de Colares insurgiram-se contra a marcação de plátanos junto à Adega</p>

Em Novembro de 2009, moradores de Colares insurgiram-se contra a marcação de plátanos junto à Adega

 (Pedro Cunha (arquivo))

A empresa justifica que as árvores estão infectadas com fungos e apresentam problemas fitossanitários e garantiu que a Autoridade Florestal Nacional já deu autorização para a realização dos trabalhos. Segundo a arquitecta Ana Cristina Martins, do gabinete de Ambiente da EP, esta intervenção de abate e poda se deve a questões de segurança para evitar quedas de galhos nas estradas e nas habitações envolventes.

Esta intervenção surge no âmbito do contrato de conservação corrente para as estradas do distrito de Lisboa, onde em Sintra vão ser intervencionadas algumas das árvores existentes ao longo da Estrada Nacional 375, Estrada Regional 247, EN-249 e EN 9-1.

Os trabalhos têm início a 13 de Dezembro e vão incidir maioritariamente em podas de limpeza e manutenção, e na execução de podas de correcção com vista à redução das copas e aligeiramento de cargas. Três dos plátanos a abater estão junto à Adega Regional de Colares.

Em Novembro de 2009 vários moradores de Colares insurgiram-se contra a marcação de plátanos junto à Adega, por temerem o abate das árvores. Em Julho de 2010, a Quercus e a Associação Árvores de Portugal também mostraram a sua preocupação por temerem que o abate comprometesse a classificação de interesse público da alameda da Adega Regional.

  • 10 leitores
  • 2 comentários

URL desta Notícia

http://publico.pt/1469850

Comentário + votado